Os 10 melhores games de boxe

    Compartilhe
    avatar
    JOSEPH ROBERT
    Adminstrador
    Adminstrador

    Mensagens : 799
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 01/10/2011
    Idade : 44
    Localização : RJ

    Os 10 melhores games de boxe

    Mensagem por JOSEPH ROBERT em Dom Out 30, 2011 12:09 am

    A multidão grita com entusiasmo. Os competidores sobem no ringue, tocam as luvas e se encaram com olhares matadores. O gongo soa e os guerreiros começam a andar em círculos, trocando socos violentos. Após uma sequência de golpes poderosos, o campeão Midas arrebenta o braço do desafiante Noisy Boy, fazendo óleo de motor jorrar na arena para o delírio da platéia!

    Peraí, óleo de motor? Certamente não estamos falando de uma luta de boxe normal, certo? Corretíssimo: o embate acima aconteceu entre dois pugilistas de Gigantes de Aço (Real Steel), novo filme de Hugh “Wolverine” Jackman que está em cartaz nos cinemas. A aventura lembra uma mistura de Rocky com Robocop, e é baseada em um conto curto do famoso autor de ficção Richard Matheson (de “Eu sou a lenda”, “Amor além da vida” e ‘Em algum lugar do passado”), retratando um futuro próximo onde as pessoas perderam o interesse pelo boxe de seres humanos para assistir lutas brutais entre competidores feitos de toneladas de aço.

    A mesma premissa já foi explorada anteriormente nos videogames: em Teleroboxer, você controlava um robô pugilista do século 22. O game foi lançado em 1995 para o fracassado Virtual Boy, o console tridimensional monocromático da Nintendo. Porém, ao contrário do filme, estes guerreiros robóticos acabaram relativamente desconhecidos, como todos os demais títulos do sistema.

    De qualquer forma, tanto o filme quanto o game abordam uma questão interessante: a perda de carisma nos ringues. No passado, assistíamos lutas de gênios como Ali, Sugar Ray e Tyson, mas hoje não existe um campeão do povo, um lutador cujas partidas mobilizem multidões, e gradualmente uma modalidade mais violenta – no caso o MMA – vai ganhando a atenção do público enquanto o interesse pelo boxe encolhe.

    Nos videogames, já percebemos a mudança no interesse do público: atualmente existem várias franquias de MMA (UFC Undisputed, EA Sports MMA e Supremacy MMA), e o espaço do boxe tradicional vai encolhendo. Mas não podemos esquecer que o boxe já foi um gênero importante para a industria do entretenimento digital, com vários pugilistas licenciando sua imagem em jogos de videogame. Neste top 10, vamos lembrar do glorioso auge da modalidade, escolhendo os melhores games de boxe da história dos videogames:

    10. Boxing (Activision, Atari 2600, 1980)
    Pelos padrões de hoje, os gráficos de Boxing no Atari 2600 são tão primários que mal dá pra reconhecer os competidores como dois seres humanos – parecem mais letras gregas no ringue, ou lagostas brigonas. Mas em 1980, era o mais próximo do ringue que você poderia chegar a partir do sofá da sua casa.

    O game não permitia escolher personagens, não tinha golpes diferentes ou física realista, mas agradava bastante aos donos deste clássico console. Uma curiosidade é que as regras de Boxing lembram mais as lutas de boxe olímpico, onde a quantidade de socos acertada no adversário conta mais do que a potência dos golpes, já que as partidas de Boxing não terminam em nocaute.

    9. George Foreman KO Boxing (Acclaim, Mega Drive e Snes, 1992)
    Antes de vender grelhas para churrasco, George Foreman foi bicampeão mundial dos pesos pesados, inspirando este bom game para os consoles de 16 bits. Aqui, você assume o controle de um pugilista genérico e luta contra uma série de oponentes até poder desafiar Foreman em pessoa.

    O jogo também teve uma conversão bem diferente para os consoles de oito bits e para o portátil Game Gear, mas aqui você controlava o próprio George e as lutas tinham visão lateral. Big George também inspirou outros games, como Foreman For Real, mas a aceitação deste foi pior do que a de KO Boxing.

    8. Evander Holyfield Real Deal Boxing (Sega, Mega Drive, 1993)
    Nos seus anos de ouro, Holyfield foi campeão invicto dos pesos pesados, sendo o único pentacampeão mundial desta categoria. Logicamente, um pugilista com estas credenciais merecia seu próprio game, o que aconteceu em 1993: misturando Evander com 28 pugilistas fictícios, este jogo da Sega misturava lutadores bidimensionais com um ringue tridimensional.

    O game ganhou um port para Game Gear e uma continuação chamada Greatest Heavyweights of the Ring, também exclusiva para os consles da Sega. Mas os donos de Snes também não ficaram decepcionados, já que o videogame da nintend recebeu Riddick Bowe Boxing que, apesar dos gráficos mais cartunescos, era praticamente uma cópia carbono de Real Deal Boxing – aparentemente, não foi só nos ringues que Bowe perdeu para Holyfield…

    7. Toughman Contest (Visual Concepts, 32x, 1995)
    Baseado num torneio real, realizado em Michigan desde 1979 para lutadores amadores, Toughman Contest foi um dos títulos de destaque para o 32x, periférico da Sega que transformava o Mega Drive em um consle de 32 bits.

    O game da Visual Concepts tinha gráficos coloridos e boa movimentação, e passava para o jogador um pouco da emoção de ser uma estrela ascendente do pugilismo. Para completar, quem chegasse ao final precisava enfrentar um desafiante surpresa: ninguém menos que Eric “Butterbean” Esch, uma das maiores (literalmente!) figuras do boxe mundial.

    6. Ready 2 Rumble Boxing (Midway, Dreamcast, Playstation, N64, 1999)
    Alguns pugilistas, como Muhammad Ali, fizeram fama através da provocação, aliando punhos fortes a uma língua afiada para desconcertar os oponentes. Ready 2 Rumble pega este aspecto provocador do esporte e eleva à décima potência, com um jogo que traz um lutador mais figura que o outro: tem pugilista black power, desdentado, com cabelo espetado… um rol de lutadores diferentes que traz boas doses de humor para os quatro cantos do ringue.

    Mas não se engane com a aparência dos competidores: quando soa o gongo, os socos de Ready 2 Rumble doem tanto quanto as bordoadas dos games mais sérios, deixando hematomas e inchaços na cara dos competidores após cada round. Ready 2 Rumble teve uma versão para o Game Boy Color e duas continuações: Ready 2 Rumble Round 2, lançado em 2000; e Ready 2 Rumble Revolution, que saiu para o Nintendo Wii.

    5. Rocky (Rage Software, GC, PS2 e Xbox, 2002)
    O maior boxeador do cinema também chegou aos videogames. A primeira adaptação de Rocky do cinema para os consoles foi em 1987 para o Master System, em um cartucho de 2 megas que colocava o garanhão italiano contra Apollo, o Doutrinador; Clubber Lang e Ivan Drago – mas o game tinha jogabilidade confusa, agradando mais aos fãs do filme do que aos fãs de boxe.

    Porém, não podemos confundir este jogo truncado com o game lançado em 2002 pela Rage Software: Rocky saiu em 2002, tinha personagens licenciados da franquia do cinema – incluindo figurantes! – e não fazia feio dentro dos ringues. Dois anos depois, o PS2 e o Xbox ganharam uma continuação, Rocky Legends, que, como nos filmes do Stallone, dava uma boa ênfase para as sequências de treinamento do protagonista.

    4. 4D Sports Boxing (Distinctive Software, PC, 1991)
    Parte de uma série de jogos de esporte (que incluía um jogo de tênis e o popular Stunts, um clássico dos jogos de corrida), 4D Sports Boxing foi lançado para computadores domésticos no distante ano de 1991, mas contava com inovações impressionantes: os personagens eram totalmente poligonais e golpeavam com realismo, graças ao sistema de captura de movimentos que ainda era novidade 20 anos atrás.

    O jogo rodava em ambiente DOS, era possível customizkar o seu boxeador e lutar vendo de fora do ringue ou com uma perspectiva em primeira pessoa. Por conta desta variedades de opções e execução primorosa, 4D Sports Boxing sem dúvida é um dos grandes jogos de PC para todos os tempos.

    3. Knockout Kings (EA Sports, N64, PSX, PS2, Xbox, GC, 1998)
    Em termos de jogos esportivos, quando a EA entra no ringue, podemos esperar um show digno de Joe Frazier. A primeira versão de Knockout Kings chegou arrebentando em 1998 do Playstation e Game Boy Collor. O título foi parcialmente baseado num jogo anterior de 3DO chamado Foes for Ali, e fez um bruta sucesso, estabelecendo a franquia como o melhor boxe do final da década de 90 e início dos anos 2000.

    2. Punch Out!! (Nintendo, Nintendinho, 1984)
    Um dos clássicos absolutos da Big N, Punch Out!! é a simplicidade em forma de jogo de videogame: você esquiva, se defende e dá uma quantidade limitada de socos, tentando prever os padrões de ataque dos inimigos para fazê-los beijar a lona antes que o seu fôlego acabe.

    Com esta abordagem minimalista, o jogo foi um grande sucesso e inspirou vários games que seguiram a fórmula de apresentar um Zé Ninguém lutando contra meio mundo até chegar na disputa do título mundial. O campeão no caso era ninguém menos que Mike Tyson, mas depois que o pugilista teve complicações com a justiça as versões mais recentes do cartucho mudaram o lutador pelo boxeador fictício Mr. Dream. Mesmo assim, com ou sem Tyson, Punch Out é um jogo direto que, como um bom golpe de canhota, faz a concorrência beijar a lona até hoje.
    Em vez de personagens originais, Knockout Kings contava com um rol de 32 lutadores reais como Sugar Ray Leonard, Rocky Marciano e Muhammad Ali. Era possível customizar seu pugilista, escolhendo golpes especiais e até provocações. Como praticamente todo jogo da EA, Knockout Kings recebeu atualizações, que refinaram ainda mais os gráficos e jogabilidade.

    1. Fight Night (EA Sports, PS2 e XBOX, 2004)
    Depois de encerrar sua franquia Knockout Kings, a EA reformulou sua engine de jogos de boxe para apresentar um game totalmente novo. E se Knockout Kings era um contender, Fight Night certamente leva o cinturão como melhor jogo de boxe da história. Trazendo gameplay inovadora graças ao chamado Total Punch Control, Fight Night consegue ser mais intuitivo que games que utilizam o corpo do jogador como controle, como Wii Sports Boxing – e com a vantagem que não cansar quem está sentado no sofá.

    O jogo recebeu várias continuações, os Rounds 2,3 e 4 da franquia, além de Fight Night Champion, lançada em março de 2011. Mas do que um simples jogo, Fight Night consegue ser um simulador de boxe, apresentando realismo surpreendente. Mesmo do outro lado da tela, você sente o impacto de cada golpe reverberar pelo joystick. Graças a isto, o game da EA é indispensável para os fãs de boxe, um verdadeiro peso pesado dos videogames que ferroa como uma abelha, mas flutua como uma borboleta.

    Fonte


    _________________
    avatar
    Odin
    Adminstrador
    Adminstrador

    Mensagens : 1302
    Reputação : 186
    Data de inscrição : 01/10/2011
    Idade : 32
    Localização : Palácio Valhalla - Asgard

    Re: Os 10 melhores games de boxe

    Mensagem por Odin em Dom Out 30, 2011 10:26 am

    Desses eu só joguei Boxing do Atari (Acho muito legal esse jogo), Ready 2 Rumble Boxing de PS1 e Knockout Kings, todos jogos legais, é uma pena eu não ter jogado os outros, pois gosto de boxe Laughing

    É uma pena um esporte que éra tão popular como o boxe esta sendo esquecido, em menos de 10 anos perdeu e muito para o MMA, o MMA conseguiu ofuscar em 10 anos um esporte que éra o melhor esporte de luta por uns 60 anos Sad

    Não sei o que podem fazer para reerguer o boxe, mas não consigo gostar do MMA... É muito violento, a pessoa pode ir a nocaute em 3 segundos, ja o boxe éra mais dificil, éra mais emoção, MMA as vezes a pessoa cria uma grande espectativa com uma luta, como aconteceu nessa luta do Anderson Silva contra o Belfort, todos diziam que éra a luta do século, mas não durou nem 1 minuto e meio Laughing

    Acho que nunca vou gostar de MMA, me dói ver o boxe ser tão esquecido...


    _________________




    avatar
    JOSEPH ROBERT
    Adminstrador
    Adminstrador

    Mensagens : 799
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 01/10/2011
    Idade : 44
    Localização : RJ

    Re: Os 10 melhores games de boxe

    Mensagem por JOSEPH ROBERT em Dom Out 30, 2011 10:35 am

    Odin escreveu:Desses eu só joguei Boxing do Atari (Acho muito legal esse jogo), Ready 2 Rumble Boxing de PS1 e Knockout Kings, todos jogos legais, é uma pena eu não ter jogado os outros, pois gosto de boxe Laughing

    É uma pena um esporte que éra tão popular como o boxe esta sendo esquecido, em menos de 10 anos perdeu e muito para o MMA, o MMA conseguiu ofuscar em 10 anos um esporte que éra o melhor esporte de luta por uns 60 anos Sad

    Não sei o que podem fazer para reerguer o boxe, mas não consigo gostar do MMA... É muito violento, a pessoa pode ir a nocaute em 3 segundos, ja o boxe éra mais dificil, éra mais emoção, MMA as vezes a pessoa cria uma grande espectativa com uma luta, como aconteceu nessa luta do Anderson Silva contra o Belfort, todos diziam que éra a luta do século, mas não durou nem 1 minuto e meio Laughing

    Acho que nunca vou gostar de MMA, me dói ver o boxe ser tão esquecido...

    Eu presenciei toda a trajetória do Mike Tyson (da ascensão a queda), por isso o boxe ficou muito marcado para mim. Acho uma luta mais justa. Já os MMAs da vida, sempre haverá um tipo de luta que vai sobressair as outras. O jogo de boxe do Atari foi o precursor dessa modalidade de esporte. Joguei ele bastante na minha infância, porém o jogo que mais me marcou nessa modalidade foi sem dúvidas o jogo Punch-Out, pois afinal de contas, quem nunca quis enfrentar o Myke Tyson numa luta virtual? Já que vc nunca jogou o jogo Punch-out, aconselho vc a jogar pois com certeza vc irá gostar dele!!!


    _________________

    Conteúdo patrocinado

    Re: Os 10 melhores games de boxe

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Jul 20, 2018 11:54 pm